terça-feira, 1 de abril de 2008

A Quinta das Lágrimas II

Vai, me solta a mão
me parte em dois
me leva ao chão,
mas 'inda assim vai,
que a solidão tarda a matar...
Segue teus passos pra não voltar
Pronta pro adeus

Vai te esgueirar, vai te perder
Achar os teus
E alimentar os sonhos de quem pode te ter

Sem te cobrar,
Nem te prender por entre os braços,
como quem teme deixar partir o que já não há;
Como quem tem que deixar pra trás
Tudo que faz sem se arrepender.

Sendo assim, vai, parte de mim!
Te entrega às mãos de quem melhor vá te tocar.

Vai, minha canção,
Percorre o tempo
E leva ao longe esse lamento,
para aplacar a dor que está

No meu coração...

6 comentários:

Tatiara Costa ; ) disse...

Nova aqui...
Nossa muito bonito...amei.

Beijinhos***

Damaran disse...

muito bonito mesmo! pena que é mentira (huehuehue, do dia 1º de abril)... tá... n teve graça a piada... =/

ah, o astronauta tá com 4 posts novos! bjos!

leia, q um foi dedicado à ti! bjão

obs: e me ajuda à dedicar aquela joça

Damaran disse...

opa, kct, quis dizer: divulgar! uhahuahuahuauha

Li disse...

Olha eu aqui também, Camila

Damaran disse...

ta na hora de atualizar né filha!

Mel Bleil Gallo disse...

"Sendo assim, vai, parte de mim!
Te entrega às mãos de quem melhor vá te tocar."

muito bom, mainha. =)